quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Poemas Publicados I





À Deriva

Distante tanto
meus olhos, à garra,
perdidos em vazios de luz.

Tateiam hesitantes
incógnitas pegadas
sem êxito, de cores, desobrigados.

Arrebatadas miragens,
exíguas imagens ausentes
sozinhas, separadas.

Eu, só...

Publicado no blog Movimento Ativista em julho/2014

http://movimentoativista.blogspot.com.br/2014/07/concurso-cardapio-poetico-inscricao.html 

4 comentários:

  1. Retratando o amor de amar, na distância e solidão,gostei bem expressivo,Parabéns poeta.Bjo

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Lúcia Lia, seu comentário engrandece o meu poema pequeno. Beijos.

    ResponderExcluir