quinta-feira, 31 de julho de 2014

Meus Poemas Preferidos IV



Eu

Leio jornal de traz para frente
tenho mania de palavras cruzadas,
só piso nos centros das cerâmicas
gosto de anagramas e andar de mãos dadas.

De chutar pedras, comer frutas no pe
de minhas gafes faço piadas
gosto de beijos demorados
fazer amor, sem pressa de madrugada.

Subir em arvores, rolar na grama
comer pizza gelada,
cerveja quente, amores ardentes
sem nenhum motivo dou gargalhada.

Se me quiseres, te acordarei sempre com beijos
e, se me pedires, passo dias mudo
aconchego-te no peito, se ficares triste

mas, se te não agradas, mudarei em tudo.

5 comentários:

  1. Respostas
    1. Beijos, Marilúcia Spinelli, voltar a infância, sobretudo se ela foi feliz, é sem pre bom. Fico feliz por você.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigado. Lúcia Lia, fique a vontade para ler e comentar todos os outros. Ter amigos como você é que nos dão forças a continuar a poetar. Beijos.

      Excluir
  3. Que maravilha esse poema,com certeza deporta-nos as traquinagens um dia cometida, Sucesso sempre, bjs.

    ResponderExcluir