quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Poema Classificado (2016) - III


Foto do autor

Lida

Carpir teu corpo
em meus mais belos versos
tatuar linhas invisíveis
em poemamor sacro-profano.
Pecar na carne
a redenção final.
Perdição no paraíso.

Viver é em vão
se se não escreva
história tal.

Classificado para a ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - 135 -  da CBJE (RJ) - fevereiro/2016.

http://www.camarabrasileira.com.br/pc135.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário