quinta-feira, 16 de outubro de 2014

III Concurso de Poesias Autores S/A - Duelo I - Fase de Grupos



www.colegioweb.com.br

Participação na I Rodada da Fase de Grupos (H) do III Concurso de Poesias Autores S/A:

(Tema: Professor)


Construtora de Destinos

Era só o que trazia:         
as minhas mãos vazias
e o coração em plenitude do nada.

Ligeiras as tuas mãos
à minha, guiaram em linha reta
expurgando dúvidas.

De tua língua em nossa Língua
toda fala pareceu poemas
era beijo, simplificado no sabor da palavra.

Ensinaste –me  a sonhar em alto relevo,
escrever em voz alta
tramas de minhas tessituras desconexas.

Sovaste a minha massa crua de cidadão-crisálida
e proclamaste (como no Gêneses): “Fiat lux!”
Fez-se.
E, muito do que sou é obra tua, minha primeira professora!

Comentários:

Luize Valente: O poema cumpre o tema proposto e, embora não apresente uma preocupação formal, sugere imagens de especial beleza da relação entre uma professora e um aluno, com interessantes usos da metáfora. Uma sugestão: suprimir o último verso, uma vez que nada acrescenta e, pelo contrário, traz um tom infantil desnecessário, destoante do resto da obra. 

Luis Maffei: Poema ingênuo, que consegue criar certa sinestesia, mas que se conclui de maneira abrupta e previsível.
***
“Banquete”
Revoadas de cupins
anunciando boa chuva.
Sapos se regalam.

Nota: 02 (em 5)


Comentário: Edson Kenji Iura  Os dois versos iniciais anunciam o fenômeno natural e o augúrio do observador humano. Mas o terceiro verso estraga tudo ao anunciar uma relação de causa-efeito. A métrica está irregular.

http://autoressa.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário