sábado, 30 de janeiro de 2016

Poemas Publicados 2016 - Revista ESCRITORES - 248 - Ano XXII - Janeiro/2016


Fonte: caudalonga.com

Quebranto

Seus olhos
os olhos meus...
Renderam-se em alumbramentos
num átimo, corrente de vento,
com sabor de azul piscina
e o cheiro de pores-do-sol.

Mas veio o ciúme
o quebranto
mau-olhado nos olhos meus
e o azul brando do vento
virou vermelho descontentamento
em meus olhos
nos olhos seus...

E o gosto insalubre do pranto
rolando num pós encanto
num fastio-inanição
cobriu de breu, no meu peito,
os meus olhos
os olhos seus...
e os olhos do meu coração!

O meu poema QUEBRANTO foi publicado na página 22 da revista ESCRITORES - número 248 - Ano XXII - Janeiro/2016, do Clube de Escritores de Piracicaba (SP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário