segunda-feira, 28 de março de 2016

Poemas Classificados - 2016 - VIII


Foto do autor.

Morfologia

E então, desilusão é isto:
a árvore vazia de ninhos,
afruta verde no chão,
a lua cheia encoberta?

O desesperançar da cultura
no estio da mudez dos pássaros
em tardes de cigarras?
Secas...

Sobre nós, ver abater-se
noite precoce e sol , tão tardio,
de manhãs enevoadas?

Fazer-se invisível
ao coração do outro,
isto sim, é desilusão!

Classificado para a ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - Vol. 136 - da CÂMARA BRASILEIRA DE JOVENS ESCRITORES (CBJE) - Rio de Janeiro (RJ) em 28 de março de 2016.


Nenhum comentário:

Postar um comentário