domingo, 15 de março de 2015

Meus Poemas Preferidos VII


Fonte: entremudos.com

Abandono

Não bastasse
que se batesse
contra toda parede branca
que havia, avezinha tonta,
bateu asas
e deixou sozinho,
no ninho,
meu coração de passarinho.

2 comentários:

  1. muitas vezes ficamos sós, num ninho a espreita de uma nova chance. sempre lindo !

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Neli Ascari Krahl, a partida de minha primeira filha, para estudar em outra cidade, inspirou-me na composição deste poema. Abraços.

    ResponderExcluir