terça-feira, 24 de março de 2015

Poema Classificado XXX


Fonte: www.experimento42.com.br

Fuga

No regaço das noites de lua
cavo tormentas
pactuado com dragões e duendes
arrasto correntes
em teus sonhos bons.

Na prática de esdrúxula alquimia
de o me perder para encontrar-te.

Nas trevas é preciso vagar
para me esquivar da solidão

que emanam teus olhos.

Classificado para a Antologia dos Poetas Brasileiros Contemporâneos - Vol. 124 - Câmara Brasileira do Jovem Escritor (CBJE) - Rio de Janeiro (RJ) - março/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário