domingo, 22 de março de 2015

Meus Poemas Preferidos VIII


Fonte: www.cpt.com.br

Dos Pães que se Come

Quem sabe
com muito esforço
algum estudo
e uma rajada de sorte,
num golpe de vento,
seja eu a sovar a massa.
e, que não se suje, assim,
as mãos, o diabo,
na minha farinha

pouca...

Nenhum comentário:

Postar um comentário