sexta-feira, 1 de maio de 2015

Poema dos 47 anos - VI



Fonte: ultimosegundo.ig.com.br

Mata Fechada

Sob a copada das árvores
tatu não diferencia
se é "de noite" ou se é "de dia"! 

2 comentários:

  1. Em muitas vezes, também nos vemos sob alguma copada, e não conseguimos distinguir mais nada, reflexivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você encontrou a essência deste poema, lendo nas entrelinhas, Neli Ascari Krahl. Abraços.

      Excluir