quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Poema dos 48 anos - IV


Fonte: pestclean.com.br


Tédio

Rilha a poesia
que o poetastro arrulha
de fastio, o leitor se entulha.

Um comentário: