domingo, 19 de março de 2017

Poemas Classificados 2017 - 12 (N.º 439 - Ano III)

Gerânio. Foto: Francisco Ferreira.


Seleta de Poetrix



Adultério



Somos feitos um para o outro

ainda que não seja eu

aquele outro.



Excalibur



Minha poesia medra

embainhada na pedra

à espera de Arthur.



Oceanos



Saboreando o Doce

Velho Chico

transa Atlântico.



Cético



Tua fé vã

em palavras claudicantes

não me salvam.



Cegueira



À tua indiferença

meu olhar sangra

tateio em fuga.



Classificado para a 3º ANUÁRIO DA NOVA POESIA BRASILEIRA - Edição Especial 2017 - Câmara Brasileira de Jovens Escritores (CBJE) - Rio de Janeiro (RJ) - em 18/3/17.



Nenhum comentário:

Postar um comentário