quinta-feira, 3 de julho de 2014

Poema Classificado VII



Nexos

Teu sexo orbita
A lua de meu cérebro
E recobre de escamas
Meu corpo nu, abandonado
Nas praias de lençóis
Em que naufrago
Meu desejo torpe.
São atóis de solidão
No quebra-mar de sentidos
E, enrijecido,
Vou à pique
Sem abandonar
A nau perdida
De milenares sentimentos
E tormentos...

O capitão jamais abandona

Seu navio!

Destaque Literário Nacional - XIX Concurso Internacional de Poesias, Contos e Crônicas da Associação Literária e Multiprofissional “A Palavra do Século XXI” (ALPAS XXI) – Cruz Alta(RS) – maio/2013

6 comentários: