terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Textos Publicados 2017 - 09 (Nº 414 - Ano III)


Flor Silvestre. Foto: Francisco Ferreira.

Não me Façam de Tolo

O que eu não posso respeitar e nem aceitar é uma oposição derrotada, que se vale da mídia, para fomentar a perseguição a dois governantes que fizeram pela classe menos favorecida da Nação, o que a elite não fez em toda a história. A quem tirou milhões de brasileiros da linha da miserabilidade, a quem abriu as portas das universidades para milhões de brasileiros que não teriam chance de ingressá-las. Não discuto se houve erros, e nem que possa haver corrupção; e que, em havendo, não devam ser investigados e julgados com isenção e isonomia  Mas que não se queira tapar o sol com a peneira e esquecer mais de 500 anos de bandalheiras, patrocinadas principalmente por aqueles que hoje se transvestem de paladinos da justiça, da ética e da moralidade. Até porque, "nunca antes na história deste país" a justiça e a polícia tiveram tanta autonomia para investigar a tudo e a todos. O que não posso aceitar é que as tais manifestações tenham a presença, em lugares de destaque, de homofóbicos, intolerantes religiosos, favoráveis à ditadura e ao fascismo e políticos de direita notoriamente corruptos, bancando os heróis desta pobre Nação sem memória.

Texto publicado (primeiro) no blog coletivo SENDEIRO DAS LETRAS, Rio de Janeiro (RJ) em 8/2/17.


Nenhum comentário:

Postar um comentário